Descubra como o frio afeta os computadores domésticos

Frio excessivo também pode causar danos a alguns componentes dos PCs

Usuários que moram em lugares onde o clima é muito quente sempre se preocupam com o superaquecimento do computador. E não é para menos, com CPUs cada vez mais potentes e sistemas de refrigeração que trabalham com folga mínima, fica muito difícil manter a máquina funcionando no verão.

As altas temperaturas também estragam a brincadeira dos usuários que fazem overclock no processador. E mais: muitas vezes, o calor excessivo não apenas desliga o computador, como também causa danos aos componentes de hardware. Os problemas com o calor excessivo estão diretamente ligados às limitações dos componentes eletrônicos, os quais possuem valores máximos de temperatura.

Pensando em todos esses problemas de alta temperatura, surgiu uma nova dúvida. Será que o frio demasiado pode danificar ou diminuir o desempenho do computador? Essa é uma dúvida não muito comum, mas que pode fazer certo sentido.


Seu processador agradece


Para obter respostas plausíveis para nossa pergunta, é preciso analisar os principais componentes do computador separadamente. O item mais importante, claro, é o processador. As CPUs, em geral, são programadas para trabalhar com temperaturas próximas a 30ºC ou 40ºC.

Todavia, a regra geral é bem conhecida: em um processador, quanto menor a temperatura, melhor o desempenho. As diversas experiências que os entusiastas fazem ao brincar com nitrogênio líquido comprovam claramente isso. É possível manter uma CPU funcionando a mais de 6 GHz com uma temperatura de -100ºC.

Em situações comuns, seria impossível atingir tal temperatura, porém, o inverno de alguns países obriga os processadores a trabalharem próximo de 0ºC ou abaixo disso. Para nós, brasileiros, é bem difícil conseguir atingir temperaturas tão baixas, pois as temperaturas mais baixas do Brasil alcançam apenas -10ºC (o que não é suficiente para esfriar tanto uma CPU).

E mesmo que houvesse muitos locais no país com temperaturas tão baixas, isso não seria um problema, porque ainda há a troca de calor entre o ambiente e os componentes do computador. Com isso, as temperaturas negativas não conseguiriam fazer os 30ºC ou 40ºC do processador chegarem a valores tão baixos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falha grave no Bluetooth coloca bilhões de dispositivos em risco

Bancos de Dados Existentes

Vantagens e Desvantagens dos Monitores LCD