Baixar Windows 7 só é possível até 10/2

A Microsoft vai impedir downloads da versão beta do Windows 7 a partir do dia 10 de fevereiro.

No blog do Windows o gerente Brandon LeBlanc diz que a companhia já tem beta testers suficientes para suas necessidades.

“Tanta gente baixou o Windows 7 e estamos recebendo tantos comentários sobre o produto que já estamos próximos de nossa capacidade do ponto de vista da engenharia”, anotou LeBlanc.

Assim, a ideia é permitir o download do programa por algumas semanas mais e então bloquear o acesso ao Windows 7 para novos usuários.

O limite para download em 10 de fevereiro gerou certa surpresa, pois a expectativa criada em função de comunicados anteriores da Microsoft era que o download do WIndows 7 só ficaria disponível até o final deste mês.

Download pode se estender até dia 12


O fim do período público de testes do sucessor do Vista vai acontecer em duas etapas. O dia 10 de fevereiro é a data limite para que alguém que inscreva no programa de beta testers e inicie o download do sistema operacional. Se sua conexão for lenta e o download se estender ao longo do dia 11 não haverá problemas.

A partir da zero hora do dia 12, porém, não será mais possível copiar o Windows 7.

Características

Os desenvolvedores da Microsoft têm como meta entregar uma versão final do novo Windows para integradores antes do final deste ano. Afinal, a companhia deseja apresentar o Windows 7 para vendas comerciais já no início de 2010.

O desejo da Microsoft é colocar o sistema operacional nas lojas três anos após a estréia do Vista e não repetir alguns dos erros que prejudicaram as vendas – e a imagem – do Windows Vista.

Assim, a Microsoft se esforça para que o Windows 7, além de inovações em relação ao Vista, possa ser iniciado rapidamente e logo em sua estreia tenha ampla compatibilidade com grande variedade de hardware e software.

Mesmo na atual versão de testes, cheio de bugs e imperfeições, é perceptível que a velocidade para o programa ser carregado melhorou em relação ao Vista.

Outras mudanças que já podem ser percebidas no novo Windows é uma barra de tarefas maior com atalhos para vários aplicativos e a substituição da função Propriedades pelo recurso Display Settings, que agiliza o acesso a configurações de vídeo.

As principais modificações, no entanto, ainda devem ser reveladas em versões futuras que permitam o melhor aproveitamento de processadores com múltiplos núcleos e máquinas com telas sensíveis ao toque.

Fonte: http://www.adnews.com.br/destaque.php?id=82949

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falha grave no Bluetooth coloca bilhões de dispositivos em risco

Bancos de Dados Existentes

Tenha uma boa postura ao usar o computador