Ataques que exploram falha já corrigida no Windows continuam a crescer

Um worm que explora uma falha crítica no Windows corrigida em outubro do ano passado pela Microsoft continua a se espalhar em PCs que não instalaram a correção, afirma a Panda Security.

“Além de temos observado um crescimento nas amostras de malwares, também vimos aumento no total de infecções”, afirma o evangelista da empresa, Ryan Sherstobitoff.

O status do worm “Conficker.c”, como a Panda o apelidou, foi atualizado, no relatório Global ThreatWatch da empresa, para “laranja”, o que significa que este é um “perigo relevante” para os usuários.

O bug afetava o Windows 2000, XP, Vista, Server 2003 e Server 2008 e, para corrigi-lo, a Microsoft lançou uma correção emergencial no dia 23 de outubro de 2008.

A Symantec também alertou, na última sexta-feira (09/01), para o aumento de infecções. Em um post, pesquisadores afirmaram observar um número ‘considerável’ na proliferação do worm, que a empresa dividiu em duas versões, o Downadup e o Downadup.b.

A fabricante estima que cerca de 3 milhões de PCs já foram infectados pelo worm.

Para evitar um ataque pelo worm, o usuário deve atualizar seu sistema. Se a configuração de segurança for para receber as atualizações automaticamente, provavelmente o Windows já foi corrigido. Senão, é possível baixar o patch no site da Microsoft.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falha grave no Bluetooth coloca bilhões de dispositivos em risco

Bancos de Dados Existentes

Tenha uma boa postura ao usar o computador