sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Divulgado regulamento para universalização da telefonia e internet

Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou ontem (25/10/12) no Diário Oficial da União (DOU) o regulamento para universalização do acesso à telefonia fixa e internet. De acordo com as regras descritas na Resolução n° 598 do Conselho Diretor da Anatel, as concessionárias de serviços de comunicação devem cumprir prazos e metas de instalação de infraestrutura de rede para conexão à internet e na instalação de telefones públicos (orelhões).

A resolução prevê a montagem de telefones públicos em comunidades rurais, aldeias indígenas e comunidades quilombolas. Determina também a implantação de orelhões adaptados para pessoas com deficiência auditiva, de locomoção ou de fala. A instalação de aparelhos especiais requer solicitação do cidadão ou de representantes, que podem ser parentes ou associações legalmente constituídas. O atendimento a esses pedidos deve ser feito em um prazo máximo de sete dias.

Para que a Anatel possa acompanhar o cumprimento das metas, as concessionárias terão de apresentar, semestralmente, o planejamento para as localidades a serem atendidas. Essas prospecções deverão ser apresentas até o dia 10 dos meses de junho e dezembro.

A Anatel também estabelece, por meio da resolução, a capacidade mínima de transmissão para conexão à internet (backhaul) de acordo com o tamanho dos municípios. Em municípios com até 20 mil habitantes, a capacidade deverá ser de, pelo menos, 8 Mbps. Nas cidades com até 40 mil habitantes, o mínimo terá de ser 16 Mbps. Nas que têm até 60 mil moradores, 32 Mbps. Os municípios com população superior a 60 mil deverão dispor de capacidade mínima de 64 Mbps.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

CGI.br anuncia última fase de medida para reduzir envio de spam no Brasil


O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) apresentou a última etapa das medidas para a implementação do projeto Gerência de Porta 25, conjunto de políticas e tecnologias para implantar um sistema de redução de spams originados em redes domésticas do país. A campanha deve ser concluída até o fim do ano.

Para que essa fase seja cumprida, as prestadoras de serviços de telecomunicações passarão a gerenciar o envio de mensagens enviadas por redes residenciais pela porta 25. De acordo com o comitê, somente usuários que utilizam programas leitores de e-mails como Outlook, Thunderbird, entre outros, em redes residenciais, precisam alterar a porta de envio de mensagens de “25” para “587”, para continuar a enviar e-mails normalmente.

Com a troca da configuração, as redes que fornecem acesso residencial podem impedir conexões com destino à porta 25, cessando o abuso por spammers sem afetar o consumidor. Já a troca de mensagens entre servidores continua ocorrendo na porta 25.

Atualmente, o Brasil ocupa a quarta posição entre os países com mais endereços IP listados em listas de spams, atrás apenas de Índia, Vietnã e China, segundo o órgão. “O Brasil não é um grande emissor de spams, mas tem sido abusado para entregar mensagens que têm origem e destino no exterior”, explica Henrique Faulhaber, conselheiro do CGI.br e coordenador do projeto Gerência de Porta 25.

Fonte: www.teletime.com.br/24/10/2012/cgibr-anuncia-ultima-fase-de-medida-para-reduzir-envio-de-spam-no-brasil/tt/307578/news.aspx

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Governo assinará decreto que deixará smartphones mais baratos


O decreto que irá incluir os smartphones na Lei do bem, de inovação tecnológica já está pronto para ser assinado ainda nesse mês. Quem divulgou essa informação foi o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e de acordo com o ele o decreto irá desonerar os aparelhos, fazendo o produto ficar mais barato para o consumidor final.

O ministro declarou que o preço final poderá cair mais de 9%. “As empresas já começaram a produzir, o benefício é dado no varejo. O PIS/Cofins, que na hora que o varejo vende tem que recolher, se não existir esse PIS/Cofins no varejo, significa que vai diminuir 9,25% do preço. E as empresas entrantes, aquelas que não estão no Brasil ainda, vão ganhar o benefício do IPI, que pode ser reduzido até 15%. As que estão aqui já têm esse benefício”, explica.

A redução dos preços dos smartphones está trazendo muitas expectativas para as lojas, porque de acordo com Camila Machado, vendedora de uma loja de celulares, o aumento nas vendas nesse período se comparado com o ano passado, foi de 40%. “Com a redução do preço, o aumento nas vendas deve subir ainda mais, porque atualmente todos querem estar conectados. Até as crianças de 6 anos estão usando esse produto, já vimos aqui na loja uma criança sair com um smartphone de última geração”, afirma a vendedora.

Luan Correira é vendedor de uma operadora de telefonia móvel e ressalta que um dos motivos da venda estar vindo aumento é o alto avanço da tecnologia. “A tecnologia está sempre se atualizando, o que hoje é novidade, daqui algum tempo já vai haver pelo menos dois aparelhos melhores”, comenta o vendedor que comenta também sobre o decreto que irá ser assinado. “Se o preço realmente cair, com toda a certeza a procura vai aumentar, ainda mais que dezembro está chegando e o natal é uma época de grande procura”, finaliza Luan.

Fonte: www.avozdacidade.com/site/page/noticias_interna.asp?categoria=1&cod=20403