sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Presidente da Microsoft vê sucesso no Windows 7 e debocha da Apple

No dia do lançamento do Windows 7, nesta quinta-feira (22), o presidente da Microsoft, Steve Ballmer, concedeu uma entrevista ao site Engadget, com transmissão ao vivo pela internet. Durante a conversa, Ballmer falou sobre os novos produtos como a sétima versão do sistema operacional e o Zune HD e tentou alfinetar a Apple o tanto quanto foi possível. Como sempre, o substituto do milionário Bill Gates mostrou-se brincalhão e expansivo.

Quando perguntado sobre o suposto fracasso do Vista, o executivo tentou mudar de assunto. Após tentar justificar que há uma grande base instalada de usuários domésticos e corporativos utilizando o OS, ele acabou entregando que não é um assunto muito confortável e que foi preciso "consertar muita coisa". "Hoje é um grande dia, não precisamos falar mais nisso", desconversou, afirmando que o Windows 7 avulso não deve vender tanto quanto em máquinas novas e em atualizações.

Já sobre sua principal concorrente, o executivo afirmou que apenas 10% dos lares norte-americanos possuem um Mac, apesar dos Estados Unidos serem o maior mercado da Apple. "Gostamos da ideia de alcançar centenas de milhares de pessoas", disse, referindo-se à estratégia agressiva da Microsoft que já sofreu acusações de monopólio. De acordo com o próprio executivo, são 300 milhões de computadores com Windows no mundo, contra 15 milhões de Macs. "Tudo que eu sei é que as pessoas nos escolhem em vez de Mac o tempo todo. Gostamos de competir contra a Apple - eu gosto de derrotá-los", ironiza.

Veja matéria completa:
www.blogger.com/www.band.com.br/jornalismo/tecnologia/conteudo.asp?ID=209057