quarta-feira, 29 de julho de 2009

São Paulo transmite filme ultradefinido para o mundo

O cinema em super alta definição, inaugurado no Brasil no Festival Internacional de Linguagem Eletrônica de 2008, aparecerá também no evento deste ano. Pela primeira vez no Hemisfério Sul, um longa captado em 8 milhões de pixels será retransmitido de São Paulo para o exterior. Por fibra ótica, a obra chegará em tempo real nas universidades da Califórnia, nos EUA, e de Keio, no Japão.

Enquanto a Noite Não Chega, o primeiro longa nacional com qualidade quatro vezes superior ao que conhecemos como “alta definição”, foi o escolhido para a exibição. O cineasta, Beto Souza, vê na ultradefinição o “futuro do cinema” como indústria. “Sempre estivemos na frente da TV na qualidade da imagem. Agora que eles têm o HD, o cinema tem de oferecer mais”, disse ele, por telefone.

Pioneira no país, a experiência de transmissão simultânea intercontinental articulou o trabalho de mais de 60 profissionais, segundo a organizadora do projeto, a professora Jane de Almeida, do Mackenzie. “Mesmo nos EUA e Europa, esse tipo de reprodução é raro. Da linha do Equador para baixo, somos os primeiros”, garante. A projeção acontecerá no Teatro do Sesi, na quinta-feira, dia 30, às 19 horas. A entrada é franca.

Fonte: www.estadao.com.br/noticias/tecnologia+link,sao-paulo-transmite-filme-ultradefinido-para-o-mundo,2912,0.shtm

Nenhum comentário: