quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Quais as distribuições mais antigas e “originais”? Cladograma mostra a origem e evolução

Nos últimos meses tenho visto uma série de manifestações que, a pretexto de criticar a excessiva criação de novas distribuições “nanicas” motivadas por vaidade ou curiosidade do seu autor e único usuário, propõem alguns critérios que separariam as distribuições dignas de mérito.

Muito frequentemente estes critérios propostos estariam relacionados à antiguidade da distribuição, ou à “originalidade” (expressão usada para se referir à ausência de derivação a partir de outras distribuições pré-existentes).

Pessoalmente, prefiro critérios mais relacionados ao produto (como a qualidade, ou mesmo a satisfação de determinados requisitos, como a presença de suporte aos idiomas de meu interesse, ou de boa documentação, atualizações de segurança frequentes, comunidade ativa e outros) ou derivados/agregados (econômicos ou demográficos, base instalada, popularidade, etc.) do que os mencionados critérios baseados na idade ou “originalidade”.

Fonte: http://br-linux.org/2009/quais-as-distribuicoes-mais-antigas-e-originais-cladograma-mostra-a-origem-e-evolucao/

Nenhum comentário: